Sudeste Teatros

    Espaço Cultural Juca Chaves, São Paulo (Estado)
  Rua João Cachoeira, 899 - Itaim Bibi - São Paulo, SP           
Capacidade para 350 pessoas.
    Teatro Rival Petrobras, Estado do Rio de Janeiro
  Rua Alvaro Álvim 33/37 - Cinelãndia - Rio de Janeiro, RJ             
<iframe id='palyer2' title="Teatro Rival Petrobras - YouTube video player" width="250" height="190" src="https://www.youtube.com/embed/NBQ1JtPEuPc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer2'>
O Teatro Rival Petrobras reabre depois de um período de uma completa e moderna reforma arquitetônica. O nosso sonho tornou-se possível graças, mais uma vez, a Petrobras, nossa parceira de longa data. O teatro hoje tornou-se um dos mais aconchegantes e sofisticados espaços culturais do Rio de Janeiro. O projeto arquitetônico foi idealizado pelo aclamado Luiz Marinho e conta também com a iluminação sofisticada e gabaritada de Peter Gasper.
E se não bastasse, outras mudanças estão presentes.
Contamos com um moderno sistema de som de última geração, além da ampliação dos toilettes em pontos estratégicos e entradas especiais para deficientes físicos e idosos.
A bilheteria também passou por grandes mudanças tecnológicas, visando maior comodidade e conforto.
    Teatro dos Grandes Atores, Estado do Rio de Janeiro
  Shopping da Gávea - Gávea - Rio de Janeiro, RJ           
O Teatro dos Grandes Atores, foi inaugurado em 1995, e é formado por duas salas, a Azul e a Vermelha, cada uma com 396 lugares. A sala Azul teve como primeiro espetáculo Apareceu a Margarida, estrelado por Marília Pêra. A sala vermelha iniciou sua programação com A Era do Rádio, dirigida e encenada por Sérgio Britto.
    Centro Cultural Suassuna, Estado do Rio de Janeiro
  Av. das Américas, 2603 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro, RJ           
O Centro Cultural Suassuna está localizado na Barra da Tijuca. No complexo do CCS são realizados eventos culturais e empresariais, tais como: teatro adulto e infantil, espetáculos de dança, shows, exposições, filmes, congressos, palestras, além de um calendário constante de cursos, wokshops e oficinas. O CCS tem como proposta trazer para adultos e crianças as novidades culturais, o que é aplaudido pela crítica e o que é sucesso entre o público do Rio de Janeiro e do Brasil.
O complexo abriga 2 (dois) teatros com capacidade para 280 pessoas cada um e galeria de arte.
    Casa da Cultura Laura Alvim, Estado do Rio de Janeiro
  Avenida Vieira Souto,176 - Ipanema - Rio de Janeiro, RJ           
Sua última proprietária, pretendia transformar sua casa num centro dinâmico da cultura contemporâneo. O imóvel foi doado ao Governo do Estado que nela desenvolveu, desde a sua inauguração, uma programação cujo objetivo era a integração do fazer artístico e do lazer cultural.
    Teatro Mário Lago, Estado do Rio de Janeiro
  Rua Jaime Redondo, 2 - Vila Kennedy - Rio de Janeiro, RJ           
Um galpão da CEHAB-RJ deu lugar às artes. A mobilização da comunidade local garantiu a permanência do imóvel, sua transformação em teatro e seu funcionamento. A partir de 19 de julho de 1990, o espaço passou a ser administrado pela Funarj.
Seu patrono teve uma vida marcada pela atuação política em favor de sua categoria. Mário Lago nasceu no Rio de Janeiro, em 26 de novembro de 1911. Aos 15 anos teve seu primeiro poema publicado na imprensa carioca. Formado em Direito, praticamente não exerceu a profissão, preferindo escrever textos para o teatro de revista.
Nos anos 40, se tornou um dos mais renomados galãs do teatro de comédia brasileiro. Faleceu em 30 de maio de 2002. Em 26 de dezembro de 2006, o Governo do Estado o homenageou substituindo o antigo nome do teatro de Vila Kennedy, Faria Lima, pelo nome do artista.
    Teatro Shopping Frei Caneca, São Paulo (Estado)
  Rua Frei Caneca, 569 - 6º andar - Consolação - ,            
O Teatro Shopping Frei Caneca tem um dos maiores palcos de teatro do Brasil e sua infra-estrutura permite receber espetáculos simultâneos e dos mais variados seguimentos, prosa, musica, dança, entre outros, além de ter toda a infra-estrutura para receber eventos coorporativos de todos os seguimentos. Confira em nosso histórico, na pagina "histórico de espetáculos" o que já realizamos desde nossa inauguração e também nossa "ficha técnica" com todos a estrutura e equipamentos que o teatro disponibiliza para realização de seus espetáculos e eventos.
    Teatro Sesc Ginástico, Estado do Rio de Janeiro
  Avenida Graça Aranha, 187 - Centro - Rio de Janeiro, RJ           
A decoração clean conta com um elevador de vidro e foi projetada para adaptar e facilitar o acesso a deficientes físicos. As 514 poltronas de espuma, diferente das anteriores de mola, têm assentos especiais não só para deficientes mas também para obesos. A mesa de luz e as roldanas da cortina, que estavam lá desde a inauguração do Ginástico em 1938, foram recuperadas e se tornaram instalação de arte na entrada do teatro". (coluna Gente Boa de Joaquim Ferreira dos Anjos em O Globo, Segundo Caderno, em 20 de agosto de 2005).
    Teatro Gláucio Gill, Estado do Rio de Janeiro
  Praça Cardeal Arco Verde s/n - Copacabana - Rio de Janeiro, RJ           
A partir da adaptação de um auditório da Escola Municipal Dom Aquino Corrêa, feita por um grupo que deixou o Tablado (Fábio Sabag, Germano Filho e Cláudio Correa e Castro), o Gláucio Gill foi inaugurado com nome de Teatro da Praça.
A homenagem ao ator Gláucio Gill ocorreu durante o governo Carlos Lacerda.
    Caixa Cultural, Estado do Rio de Janeiro
  Av. República do Chile, 230 - Centro - Rio de Janeiro, RJ           
A CAIXA mantém um diálogo permanente com as nossas raízes culturais.
O Espaço foi criado em 1987 e é composto pelo Teatro Nelson Rodrigues, considerado um dos melhores palcos do país para teatro e dança, Grande Galeria de Arte, Minigaleria para exposições temporárias, e também pelo bistrô temático ”Camarote Café”.Consulte o site e tenha acesso a programação diária do espaço cultural.
    Teatro Municipal de Niterói, Estado do Rio de Janeiro
  Rua XV de Novembro, 35 - Centro - Niterói, RJ
           
<iframe id='palyer11' width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/N6ISwlQNbIc" title="YouTube video player" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe id='palyer11'>
O Teatro Municipal João Caetano foi reinaugurado em 1995, após uma profunda restauração. O projeto de recuperação encarou um grande desafio que era respeitar os aspectos históricos e ao mesmo tempo dotá-lo de modernidade. Ao longo de sua história, o teatro sofreu sucessivas obras de reformas que foram alterando a forma original do prédio, adaptando espaços e desfigurando seus seus núcleos históricos, dando origem a um prédio com características de diferentes épocas. No entanto, a fachada manteve as linhas arquitetônicas neoclássicas da reforma de 1888 e 1889.
    Teatro Abel, Estado do Rio de Janeiro
  Av. Roberto Silveira, 29 - Icaraí - Niterói, RJ           
Bilheteria: A bilheteria funciona de terça a domingo a partir das 15h. • Nos dias em que não houver espetáculos até às 19h. • Nos dias de espetáculos até o início do mesmo. • Não fazemos reservas. • Não aceitamos cheques nem cartões de crédito. • Aos sábados e domingos, no período entre 16h30min e 17h15min, a venda de ingressos é exclusiva do espetáculo infantil
    Teatro João Caetano, Estado do Rio de Janeiro
  Praça Tiradentes s/nº - Centro - Rio de Janeiro, RJ            
<iframe id='palyer13' title="Teatro João Caetano - YouTube video player" width="260" height="190" src="https://www.youtube.com/embed/QZbucXQemlw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer13'>
O mais carioca dos teatros do Rio de Janeiro foi inaugurado em 12 de outubro de 1813, por D. João VI. Seu palco é o mais antigo do estado. Sua versatilidade para encenar gêneros de espetáculos dos mais variadas – óperas, tragédias, concertos, comédias, shows musicais -, o tornam um dos mais conhecidos e respeitados espaços cênicos do país.
Em seu palco atuaram, respectivamente, em 25 de junho de 1885 e em 6 de janeiro de 1886, duas grandes atrizes Eleonora Duse e Sarah Bernhard.
Durante décadas, o Teatro João Caetano confirmou sua vocação para projetos populares, a exemplo do Seis & Meia. Sob o comando do produtor cultural Albino Pinheiro (1934-1999), a programação foi responsável pelo lançamento de diversos ídolos da música brasileira.
    Theatro São Pedro, São Paulo (Estado)
  R. Barra Funda, 171 - Santa Cecília - São Paulo, SP           
A São Paulo das três primeiras décadas do Século XX estava em plena transformação, conduzida pela pujante economia cafeeira e pela industrialização. Novos comportamentos, diferentes hábitos, outras influências culturais e políticas geravam os componentes que fariam da capital paulista uma referência social para o País e seu grande centro econômico. A cena cultural de São Paulo tornava-se mais rica, apesar de o Brasil sofrer as conseqüências da guerra na qual a Europa estava mergulhada e ainda que a própria cidade vivesse um período tumultuado em função das freqüentes greves de trabalhadores, então em fase de organização.
    Espaço Satyros, São Paulo (Estado)
  Praça Roosevelt, 214 - São Paulo, SP           
Fundado em 1989 em São Paulo por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, desde o início Os Satyros buscavam investigações de um teatro essencialmente experimental. Em 1990, a partir da montagem “Sades ou Noites com os Professores Imorais”, da obra homônima do Marquês de Sade, a companhia provocou polêmica e dividiu a crítica especializada. Os Satyros tiveram muita dificuldade em localizar um espaço para a apresentação do espetáculo na cidade de São Paulo. Foi então que a companhia assumiu a administração de um pequeno teatro abandonado no tradicional bairro paulistano da Bela Vista, chamado Teatro Bela Vista. Além de conseguirem apresentar o espetáculo, iniciaram um período de forte intervenção cultural que se prolongaria até a transferência da companhia para a Europa.
    Espaço Parlapatões, São Paulo (Estado)
  Pça. Franklin Roosevelt, 158 - República - São Paulo, SP           
A abertura do Espaço dos Parlapatões aconteceu no dia 11 de setembro de 2006, com mais de 600 pessoas. Foi uma festa do teatro, que começou na rua - Os Parlapatões derrubaram as torres gêmeas (encenada) contra todos os preconceitos, abrindo as portas para o público. Além do coro Collegium Musicum, com regência de Abel Rocha, atores convidados (Barbara Paz, Jairo Mattos, Marco Ricca, Rosi Campos e Marcelo Drummond) leram trechos de peças da companhia.
    Teatro Alfa, São Paulo (Estado)
  Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 - Santo Amaro - São Paulo, SP           
Projetado e construído sob a supervisão de vários consultores estrangeiros, o Teatro Alfa ergueu-se como uma casa de espetáculos que respeita os mais rigorosos padrões técnicos internacionais. Inaugurado em abril de 1998, o Teatro Alfa é uma realidade que chegou para revolucionar o universo das artes, não só em São Paulo, mas em todo Brasil.
O Teatro Alfa acolhe com perfeição espetáculos de dança, óperas, orquestras, música popular, teatro e musicais, além de dispor de ótima infraestrutura para realização de congressos e seminários. O teatro foi projetado e construído para múltiplo uso e equipado com o que há de mais moderno em mecânica cênica, iluminação e sonorização. Atendendo a rigorosos padrões internacionais e conduzido por uma equipe de alto gabarito, conquistou posição de destaque junto aos melhores teatros do mundo, segundo a avaliação de artistas, produtores, companhias e do público.
    Teatro Tucarena, São Paulo (Estado)
  Rua Min Godoi, 969 - Perdizes - São Paulo, SP           
Muitas gerações viveram e construíram a história cultural e política do País ocupando os espaços do TUCA. Durante a Ditadura, o TUCA foi palco de importantes manifestações políticas, desempenhando um papel significativo no contexto histórico brasileiro. Servindo aos interesses culturais, educacionais, artísticos, políticos e sociais dos universitários e da população paulistana, o TUCA contribuiu ativamente no processo de redemocratização.
Após o tombamento do TUCA como Patrimônio Histórico de São Paulo em 1998, iniciou-se nova campanha para reconstrução e restauro. Em 2002, com aprovação pelo MINC e patrocínio do Banco Bradesco, o TUCA foi finalmente reconstruído. A reinauguração aconteceu em 22 de agosto de 2003.
    Teatro Brigadeiro, São Paulo (Estado)
  Av. Brigadeiro Luís Antonio, nº 884 - Bela Vista - São Paulo, SP           
Funcionamento da Bilheteria do Teatro: terça a domingo, das 14h até o horário da última peça.
    Teatro Commune, São Paulo (Estado)
  Rua da Consolação 1.218 - Consolação - São Paulo, SP           
Um espaço multifuncional e conta com café bar, galeria de exposições e sala de espetáculos com capacidade para 83 pessoas. Conta com palco e arquibancadas articuláveis, cadeiras empilháveis, equipamento profissional de som e iluminação, ar-condicionado, tratamento acústico, camarins, toaletes, sistema de segurança com saída de emergência, estacionamento ao lado.
Situa-se na Rua da Consolação, 1.218, ao entre o Mackenzie e o Tribunal do Trabalho (sentido Centro-Paulista).
    Teatro Nair Bello, São Paulo (Estado)
  Rua Frei Caneca, 569 - Consolção - São Paulo, SP           
O Teatro Nair Bello tem capacidade para 240 pessoas, foi inaugurado em 2007 e funciona junto com a Escola de Atores Wolf Maya, do famoso diretor de novelas e minisséries. O nome do espaço é uma homenagem à grande atriz e amiga do diretor. Está em localização privilegiada dentro do Shopping Frei Caneca e já foi palco de diversas peças de sucesso.
    União Cultural Brasil Estados Unidos, São Paulo (Estado)
  R. Mário Amaral, 209 - Paraíso - São Paulo, SP           
Criada em 1938, a União Cultural Brasil Estados Unidos é uma fundação sem fins lucrativos, que tem como meta aproximar as culturas dos dois países. Promove cursos de inglês em todos os níveis com atividades relacionadas, além de promover eventos culturais.
    Cine-Theatro Central, Minas Gerais
   - Juiz de Fora, MG           
A acústica perfeita, a grande capacidade de público e o palco projetado para receber os mais diversos espetáculos fazem do Central um espaço carregandoprivilegiado e um dos poucos do gênero disponíveis atualmente no país. Teatro,dança, ópera, concerto, show. A história do Cine-Theatro Central é um desfilar de grandes nomes das artes nacionais e internacionais, responsáveis por momentos de beleza e emoção, que se apresentaram ao longo das últimas décadas em Juiz de Fora.
O Cine-Theatro Central colocou a cidade na rota de companhias líricas italianas, orquestras e companhias dramáticas nacionais. Seu palco recebeu talentos do porte de um Procópio Ferreira, um dos maiores nomes do teatro brasileiro. Criado em 1955, o Teatro Experimental de Ópera de Juiz de Fora fez do Central cenário de seus concertos líricos até início dos anos 70. Quando o país inteiro se voltou para os movimentados e inovadores festivais de música, o Central também mobilizou torcidas na década de 60 e 70 e o juizforano conheceu alguns dos então promissores talentos da música brasileira, como Milton Nascimento, Gonzaguinha e Sueli Costa.