America do Sul Museus

1
Museu Oceanográfico, Brazil
  Praça do Oceanográfico, 191 - Butantã - São Paulo, SP              
O Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (lO-USP) foi fundado em 1946, como Instituto Paulista de Oceanografia. Em 1951, mudou para seu nome atual quando foi incorporado à USP. Na época de fundação, os objetivos de seus idealizadores apontavam para a necessidade de uma instituição que fornecesse bases científicas à pesca e, numa concepção mais ampla, à exploração de todos os recursos disponíveis ao longo do litoral paulista.
2
Museu Villa Lobos, Brazil
  Rua Sorocaba, 200 - Botafogo - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer2' width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/Dqf2JPKSoP8?controls=0" title="YouTube video player" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe id='palyer2'>
Considerado, ainda em vida, o maior compositor das Américas, Heitor Villa-Lobos compôs cerca de 1.000 obras e sua importância reside, entre outros aspectos, no fato de ter reformulado o conceito de nacionalismo musical, tornando-se seu maior expoente. Foi, também, através de Villa-Lobos que a música brasileira se fez representar em outros países, culminando por se universalizar.
3
Museu da Republica, Brazil
  R. do Catete, 153 - Catete - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer3' title="Museu da Republica - YouTube video player" width="250" height="190" src="https://www.youtube.com/embed/fkFaQSYCXHc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer3'>
O ano de 2006 celebra o cinquentenário do governo daquele que foi considerado "O Brasileiro do Século", o presidente Juscelino Kubitschek. No dia 31 de maio, no Salão Nobre do Palácio do Catete, personalidades e instituições foram homenageadas com a condecoração Cruz do Mérito Empreendedor Juscelino Kubitschek pelo Centro de Integração Cultural e Empresarial de São Paulo, inclusive o Museu da República, junto a Ronaldinho Gaúcho, Fernanda Montenegro, Silvio Santos e outros.
4
Museu Arquidiocesano de Arte Sacra, Brazil
  Av. República do Chile, 245 sub-solo - Centro - Rio de Janeiro, RJ              
A Igreja sempre se utilizou da arte como forma de anúncio da Palavra de Deus. Durante algum tempo, por exemplo, como boa parte do povo era analfabeta, usava-se a "Bíblia dos pobres", enorme e cheia de figuras, através das quais dava-se a evangelização. Assim, com o objetivo de reunir algumas obras de inspiração divina e promover uma síntese da presença da Igreja na história da arte no Brasil, idealizou-se o Museu Arquidiocesano de Arte Sacra, o MAAS. O museu reúne, em seu acervo, escultura, pintura, mobiliário, prataria, indumentária religiosa, medalhística, somando, ao todo, mais de 4.300 peças, nem todas, ainda, em exposição. Dentre as peças expostas, destacam-se a "Inspiração de São Pedro", pintada por Pedro Américo; uma cabeça de anjo esculpida por Mestre Valentim e que pertenceu à Igreja de São Pedro dos Clérigos, igreja esta, demolida para a construção da Av. Presidente Vargas; além de toda a prataria - objetos religiosos - que pertenceu à Catedral de Lisboa e que veio para o Brasil com D. João VI. Boa parte das peças do museu são provenientes do período Barroco, período este, caracterizado pelo excesso na ornamentação e pela exuberância das formas
5
Museu Histórico Nacional, Brazil
  Praça Marechal Âncora S/N° - Centro - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer5' width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/sEXL9ppxUGY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer5'>
Museu Histórico Nacional, criado em 1922, é um dos mais importantes museus do Brasil, reunindo um acervo de mais de 287.000 itens, entre os quais a maior coleção de numismática da América Latina.
O conjunto arquitetônico que abriga o Museu desenvolveu-se a partir do Forte de Santiago, na Ponta do Calabouço, um dos pontos estratégicos para a defesa da cidade do Rio de Janeiro.
Visando recuperar a arquitetura original, ampliar espaços destinados ao público, aprimorar os serviços oferecidos aos visitantes, democratizar o acesso dos mais diversos segmentos da sociedade e viabilizar uma circulação e um percurso adequados ao discurso museográfico, o conjunto arquitetônico que abriga o Museu passou, entre 2003 e 2006, por importantes obras de restauração e modernização.
6
Museo Nacional de Bellas Artes, Argentina
   - Buenos Aires, AR              
7
Museu Casa de Benjamin Constant, Brazil
  Rua Monte Alegre, 255 - Santa Teresa - Rio de Janeiro, RJ              
O museu foi a residência do fundador da República brasileira, Benjamin Constant, adquirido pelo patrimônio público logo após o seu falecimento, em 1891. Está localizado em uma área verde de 10.500m², no bairro de Santa Teresa. Possui uma exposição permanente de objetos, obras de arte e mobiliário que recriam o modo de vida do final do Século XIX e início do Século XX, época em que viveu Benjamin Constant.
8
Memorial da América Latina, Brazil
  Rua Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo, SP              
<iframe id='palyer8' src='https://www.youtube.com/embed/?listType=user_uploads&list=memamericalatina'></iframe id='palyer8'>
A idéia generosa de solidariedade e união latino-americana é tão antiga quanto às lutas no séc. XIX de Simón Bolívar, José Marti e San Martin por um continente livre e fraterno. A “Pátria Grande” vislumbrada por eles, porém, ficou esquecida no passado. Nos anos 80 do séc. XX, especialmente os brasileiros precisavam redescobrir a América. Os hispano-americanos também pareciam desconhecer a proximidade histórica, lingüística e cultural de seus vizinhos de língua portuguesa.
9
Museu de História & Artes do Estado - Ingá, Brazil
  Rua Presidente Pereira, 78 - Ingá - Niterói, RJ              
Construída por volta de 1860, pelo médico José Martins Rocha, a casa é vendida ao Industrial Português José Francisco Correia - Visconde de Sande e depois Conde de Agrolongo (Títulos recebidos em Portugal).
Em 1903, o Conde retira-se para Portugal e põe a residência a leilão com todos os seus pertences, não aparecendo comprador. Pela mesma época a Capital era transferida de Petrópolis para Niterói e o Governador Nilo Peçanha resolveu adquirir o palacete para sede do governo, consumando-se a venda em 1904. Durante os 71 anos seguintes, teve o Palácio, 43 ocupantes entre governadores interinos e interventores federais.
10
Forte de Copacabana, Brazil
  Praça Coronel Eugênio Franco, 01 - Copacabana - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer10' title="Forte de Copacabana - YouTube video player" width="250" height="190" src="https://www.youtube.com/embed/tmNrshyUhFQ" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer10'>
Construído em 1914, com o objetivo de reforçar a defesa da Baía de Guanabara, o Forte de Copacabana oferece aos seus visitantes muitas curiosidades e atrações. No Museu Histórico do Exército, fatos marcantes estão registrados através de exposições, exibições de vídeo, maquetes e, até, um setor interativo, original e bastante visitado pelos freqüentadores do Forte. Tudo com direito a uma vista panorâmica de um dos pontos mais belos de toda a nossa Costa. Crédito: acervo riotur.
11
Paço Imperial, Brazil
  Praça 15 de novembro, 48 - Centro - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer11' width="420" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/axei5HnyyP0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer11'>
O Paço Imperial é um Centro Cultural com rica programação artística, localizado na Praça XV de Novembro, no centro histórico da cidade, no prédio considerado o mais importante dos edifícios civis coloniais do Brasil. Foi primeiro a residência dos governadores da Capitania do Rio de Janeiro e depois passou a ser a casa de despachos, sucessivamente, do Vice-Rei do Brasil, do Rei de Portugal Dom João VI e dos imperadores do Brasil. Em sua restauração, na reconstituição da fachada, optou-se pela feição colonial, adquirida particularmente no período da ocupação pela Família Real Portuguesa, mas foram preservadas marcas e formas de vários outros momentos históricos. O Paço Imperial conta com uma diversificada programação de artes plásticas, cinema, teatro, música, biblioteca, atividades educativas, seminários, serviços de lojas e restaurantes. Percorrê-lo é fazer uma releitura do tempo inscrito em seus espaços, relacionando-os com épocas e fatos ocorridos. As exposições permanentes também são um ótimo programa cultural.
12
Museu do Açude, Brazil
  Estrada do Açude, 764 - Alto da Boa Vista - Rio de Janeiro, RJ              
O Museu do Açude situa-se na cidade do Rio de Janeiro, no coração da Floresta da Tijuca, numa área de 150 mil metros quadrados e tem o propósito de relacionar o patrimônio cultural ao natural. Sua sede no estilo neocolonial, cercada pela mata atlântica é a antiga residência de verão de Raymundo Ottoni de Castro Maya (1894-1968). Apresenta coleção de azulejos, painéis franceses, holandeses, espanhóis e portugueses dos séculos XVII ao XIX. Louça do Porto, fabricada a partir do século XIX em Portugal, além de exemplares raros de escultura chinesa, indiana e porcelanas de procedências diversas. O Museu ganhou destaque por ser o cenário externo da mansão da viúva Porcina, vivida pela atriz Regina Duarte na novela Roque Santeiro.
13
Museu Casa do Pontal, Brazil
  Estrada do Pontal, 3295 - Recreio dos Bandeirantes - Rio de Janeiro, RJ              
“A Casa do Pontal é o maior e mais significativo museu de arte popular do país. O acervo é composto por 8.000 esculturas e modelagens feitas contemporaneamente por cerca de 200 artistas populares de todas as regiões brasileiras e recobre a produção feita em toda segunda metade do século XX. Segundo o International Council of Museums (ICOM), filiado à Unesco, a Casa do Pontal não é apenas um museu completo de Arte Popular Brasileira, mas um verdadeiro museu antropológico, único no país a permitir uma visão abrangente da vida e da cultura do homem brasileiro.” Aberto ao público de terça a domingo, das 9h30 às 17h. Escolas e grupos sob agendamento.
14
Museu de Arte Moderna da Bahia, Brazil
   - Salvador, BA              
O MAM possui obras que apresentam um rico panorama de meio século das artes brasileiras, num conjunto composto por peças de artistas de várias gerações: dos modernistas como Di Cavalcanti, Flávio de Carvalho, Portinari, Tarsila do Amaral e Volpi aos contemporâneos como Tunga e Waltércio Caldas, além dos baianos Mário Cravo Jr. e Mario Cravo Neto, Mestre Didi, Juarez Paraíso, Calazans Neto, Marepe, entre muitos outros. A coleção conta também com obras de artistas radicados na Bahia, como Pancetti, Pierre Verger e Carybé e com um dos maiores acervos de Rubem Valetim.
15
Museu do Amanhã, Brazil
  Praça Mauá, 1 - Centro - Rio de Janeiro, RJ              
<iframe id='palyer15' width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/EWCwRLqwnQ8" frameborder="0" allowfullscreen></iframe id='palyer15'>
O Museu do Amanhã é um museu de artes e ciências construído no Pier da Praça Mauá, no Centro do Rio de Janeiro, como âncora do projeto de revitalização urbana da Região Portuária da cidade, o Porto Maravilha. Projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o Museu do Amanhã é uma iniciativa da Prefeitura do Rio, concebido e realizado em conjunto com a Fundação Roberto Marinho (Grupo Globo) e o Banco Santander como Patrocinador Master. Tem a BG Brasil como mantenedora e o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Ambiente, e do Governo Federal, por intermédio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Orientado pelos valores da Sustentabilidade e da Convivência, o Museu busca promover a inovação, divulgar os avanços da ciência e publicar os sinais vitais do planeta, alertando para os riscos das mudanças climáticas provocadas pela degradação ambiental.
16
MIAN Museu Internacional de Arte Naif do Brasil, Brazil
  R. Cosme Velho, 561 - Cosme Velho - Rio de Janeiro, RJ              
A sede do MIAN situa-se na Rua Cosme Velho, n°. 561, a 30 metros da estação do trenzinho que leva ao Corcovado, em uma casa tombada pelo Patrimônio Histórico, cercada de mangueiras centenárias, em área de mais de 1000 metros quadrados.
O MIAN reúne hoje o maior e mais completo acervo do mundo no gênero. São mais de 6000 obras de pintores de todos os Estados do Brasil e de mais de 100 países, desde o século XV aos dias de hoje, registrando a história da arte naïf.
17
Museu da Imagem e do Som (MIS), Brazil
  Rua Rui Barbosa nº 1 - Centro - Rio de Janeiro, RJ              
O Museu da Imagem e do Som (MIS) foi inaugurado em 3 de setembro de 1965 pelo então governador do estado da Guanabara, Carlos Lacerda. O MIS lançou um gênero pioneiro de museu audiovisual que seria seguido por outras capitais e cidades brasileiras, além de ter se constituído num centro cultural de vanguarda nas décadas de 60 e 70 do século XX, lugar de encontros e lançamentos de idéias e novos comportamentos. Além de abrigar importantes arquivos que atendem aos interesses de um público pesquisador amplo e diversificado, o prédio da Fundação Museu da Imagem e do Som é, em si mesmo, uma das mais belas peças de sua coleção, constituindo um exemplar histórico raro dos edifícios construídos para abrigar a Exposição do Centenário da Independência do Brasil, realizada em 1922. Localizado na Praça XV, e inserido na Zona Especial do Corredor Cultural da cidade do Rio de Janeiro, junto com o Museu Histórico Nacional, o Museu Naval, o Paço Imperial, a Casa França-Brasil e o Centro Cultural Banco do Brasil, em 1989 o Instituto Estadual de Patrimônio Cultural (Inepac) do Governo do Estado do Rio de Janeiro promoveu o tombamento do prédio. Em outubro de 1990, pela Lei nº 1.714, o MIS foi transformado numa fundação, dirigida por um presidente.
18
Museu Argentino de Ciencias Naturales, Argentina
  Av. Angel Gallardo 470 - Buenos Aires, AR              
19
Museo Nacional de Arte Decorativo, Argentina
  Av. del Libertador 1902 - Buenos Aires, AR              
Nuestro Museo, dedicado a las artes decorativas, está instalado en una magnífica residencia de estilo neoclásico francés, construida a principios del siglo XX que fue declarada monumento histórico artístico el 16 de Mayo de 1997.
El inventario actual supera los 4.000 objetos, que abarcan desde esculturas romanas hasta creaciones artesanales de platería contemporánea. El mayor interés de la colección radica en las piezas de artes decorativas europeas y orientales, esculturas y pinturas de los siglos XVI a XIX, muchas de las cuales pertenecieron a la familia Errázuriz Alvear.
Podemos destacar el conjunto de miniaturas europeas de los siglos XVI al XX, el más importante de su tipo en América, formado por dos donaciones: la de la condesa Rosario de Zubov ofrecida a fin de los ’70 en memoria de su hija Tatiana y la de D. Vittorio Asinari di Bernezzo que se sumó en 2000.
Arquitecto Alberto G. Bellucci - Director del Museo
20
Museu Malba, Argentina
   - Buenos Aires,               
Malba - Fundación Costantini fue fundado en septiembre de 2001 con el objetivo de coleccionar, preservar, estudiar y difundir el arte latinoamericano desde principios del siglo XX hasta la actualidad. Proyectado en 1998 por la Fundación Eduardo F. Costantini, Malba es una institución privada sin fines de lucro que conserva y exhibe como patrimonio fundacional un conjunto de más de doscientas obras de los principales artistas latinoamericanos modernos y contemporáneos.
Malba funciona simultáneamente como un espacio dinámico y plural de producción de actividades culturales y educativas, entre las que se incluyen ciclos de cine, encuentros con escritores, charlas con artistas, cursos, talleres y debates, visitas guiadas y programas infantiles.